Acusado de matar prefeito de Macajuba é condenado a mais de 16 anos de reclusão

Após mais de 10 horas de julgamento do acusado de ter cometido o crime de assassinato do então prefeito de Macajuba, no Piemonte do Paraguaçu, Fernão Sampaio, em abril de 2015, foi divulgado na noite desta sexta-feira (6) em Ipirá, na Bacia do Jacuípe, a sentença aplicada pela justiça após apreciação dos jurados.

Réu confesso do crime, Flávio Albergaria de Oliveira, o “Binho de Moacir”, foi condenado a 16 anos e quatro meses por homicídio duplamente qualificado. Fernão Sampaio foi morto no dia 2 de abril na principal avenida da cidade. O prefeito circulava pela via quando foi abordado pelo acusado que desferiu seis tiros.

A sentença foi proferida pelo juiz Marcon Roubert, após mais de 10 horas de júri. O acusado foi preso poucos dias depois da data do crime após se entregar à justiça.

Com a sentença, o homem será novamente levado ao presídio de Feira de Santana.

Por Marcone Macêdo